Latania Azul (Sementes) Latania loddigesii

Código: E6NSHRYS9
Selecione a opção de Grade Padrão Rose Sementes:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Latnia Azul
Cientifico: Latania loddigesii


Essa impressionante palmeira destaca-se pela coloração azulada de suas folhas em leque e atraente dilatação na base de seu caule quando adulta. É também interessante ressaltar a transformação de cores que ocorre com a Latania azul, em sua fase jovem têm as nervuras e pecíolo vermelho púrpuro e conforme ela vai adquirindo maturidade, suas folhas vão mudando do verde para o azul –prateado e as nervuras e peçiolos continuam vermelhos. Melhor empregada no paisagismo isoladamente ou em grupos, sendo uma ótima opção para espaços menores onde não há espaço para se usar uma massiva palmeira Bismarckia e tendo um efeito muito parecido e ainda mais elegante.
Exigências climáticas: Tropical ao Subtropical ameno
Porte: altura – 8 – 12 metros copa – 4 a 5 metros
Exigências de luz: Moderada, Alta
Crescimento: Lento
Origem: Ilhas Mascarenas
Exigências nutricionais: Moderada
Tolerância à seca: Alta
Usos: Espécime isolado ou em grupos
Exigências quanto ao solo: Adaptável, drenado

Sobre a loja

Rose Sementes é uma empresa que surgiu da necessidade para fornecer sementes de excelente qualidade, colaborar com a pesquisa de palmitos cultivados, proporcionar aos grandes e pequenos agricultores novas alternativas para melhor exploração de sua propriedade, evitar a devastação dos palmiteiros, oferecendo outras possibilidades de cultivo e divulgar espécies de palmeiras nativas e exóticas com potencial paisagístico e ainda não difundidas.

Pague com
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos

Rose Sementes - CNPJ: 20.950.884/0001-52 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail



Segunda à Sexta-feira, das 7:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00 | Sábados das 7:30 às 12:00.


Renasem SC-00962/2009